PUSH é uma música injustiçada. Inclusive por muitos fãs.

Ouvi muita gente dizer que não curtia essa faixa de CONFESSIONS ON A DANCEFLOOR. Realmente é uma música que "destoa" um pouco do disco todo. Mas aí a dizer que é uma música ruim é algo bem diferente. PUSH é diferente de tudo que Madonna já fez. Comercialmente até poderia não funcionar, já que o sensual refrão realmente não é do tipo que gruda, mas é notável o cuidado no uso de camadas para construção da música.

Resolvi criar então um single para uma das minhas faixas favoritas de CONFESSIONS ON A DANCEFLOOR. Aboli a versão original e em seu lugar escolhi usar a 12" VERSION, um pouco mais longa do que a versão do album. Há uma outra variação extended da album version que é a DONNY´S MOTIVATION MIX. Falando de remix propriamente dito, temos um mais sutil que é o TRIBAL FUSION MIX e outro mais desconstruído que é CLUB MIX, talvez a primeira versão realmente modificada. Mas... parem tudo na hora de ouvir o CLEO´S DANCING ON PUBRERTY MIX. Cleo Nasser transformou a música completamente! O remix é longo, mas excelente! Realmente fantástico. Há também uma "fofinha" versão INSTRUMENTAL, para quem curte um momento karaokê, rsrs. Como B-side , um ótimo remix de SORRY.



Resolvi inovar na hora de fazer a capa deste single. Escolhi uma foto que eu adoro e uma das mais bonitas da era Confessions, na minha opinião. Então, na hora de trabalhar a foto com o logo clássico da Madonna nesta fase, o lance não funcionou. Gente é sério. Pra mim não é só colar uma coisa em cima da outra. Rola tooooodo um estudo para montar estas capas. A solução que achei para manter a identidade da Era Confessions,foi usar uma marca d´água em degradê do famoso globo de discoteca usado nos materiais promocionais dessa era. Mas olha...sinceramente, até gostei, mesmo fugindo do padrão. Please, não torçam os narizes , rsrs

Para baixar o single, clique aqui!