E depois de toda essa enxurrada de fotos com clima 1991/1992 que Madonna fez para a revista W, que tal embalar com uma música desse período?

E antes que algum xiita diga que estou louco , "porque JUSTIFY MY LOVE e as fotos da W não tem nada a ver", o que se compara nesse caso são o fato de o ensaio ser sensual, de ter sido feito num hotel e do cabelo da Madonna estar praticamente da mesma cor. JUSTIFY MY LOVE é infinitamente mais chocante porque mostrava alguns tabus como o homossexualismo e o sadomasoquismo em suas cenas. Já a fase EROTICA o conceito era outro, muito mais 'cru", mas o look é bem parecido.

Bom, de volta a música, JUSTIFY MY LOVE me veio a cabeça assim que eu vi as fotos da "W". Escrita por Lenny Kravitz e com letras adicionais de Madonna, JML foi uma música sem dúvida "chocante". Primeiro nunca se viu a rainha do pop cantando daquele jeito, nem nunca se viu a Madonna daquele jeito. Mas a Madonna não dá ponto sem nó. Com a proibição da exibição do clipe nas emissoras de TV, Madonna viu-se 'obrigada" a lançar o primeiro video-single que se tem conhecimento e a música chegou ao numero um da Billboard. Não é preciso falar muito sobre essa canção. Nem mesmo 18 anos depois de seu lançamento, JUSTIFY MY LOVE conseguiu 'abafar" o burburinho que causou.

Foi difícil arrumar versões legais para esta música. Todas as boas versões eram sempre parecidas com a original, mas vamos lá. Há quem ache que JML nunca é demais, então...

A WILLIAM ORBIT 12" é uma versão muuuuito f***!!! Foi p remix que serviu de base para o arranjo usado na turnê THE GIRLIE SHOW. Já a METRO MIX é basicamente a versão original, com a inserção de uns vocais femininos e de um rapper também. Funciona bem. HIP HOP MIX é mais densa, mais carregada, tem uns palavroezinhos a mais, uma levada meio Jazzy...é muito boa !!!! Grande destaque para o remix feito pelo DENS 54, que além de trazer Justify..., traz também trechos de EROTICA. O CLUB REMIX, começa aparentemente meio acelerado demais, mas depois ele encontra o caminho. Por fim, o EXTENDED DRUMS REMIX, é exatamente o que o nome diz: um remix com a parte da bateria mais longa e ressaltada. Só!




Para a capa, usei fotos do ensaio da capa original. Eu tinha salvado em meu computador umas fotos em qualidade mediana e resolvi usar todas elas juntas na arte desta capa, mantendo assim o conceito da original:



Aqui o link para baixar!

Foi bem dificil conseguir estes remixes, mas ainda assim me senti com a missão cumprida, srsr