FEVER foi o penúltimo single retirado de EROTICA, album de 1992, numa tentativa de "suavizar" um pouco o "peso" do album na mídia. Madonna viu que sua estratégia de 'vender o sexo" não foi muito bem digerida e desde o lançamento do single RAIN, vinha tentando compensar isso.

Quando lançou FEVER, uma música de base dance/house, achava-se que as coisas iam melhorar muito. Mas não foi bem assim. A música não chegou a ser um flop, mas é óbvio que a imagem de Madonna estava saturada por causa das controvérsias e pouca atenção seria dada a ela. FEVER também seria ajudada se tivesse um clipe melhorzinho como os de RAIN e BAD GIRL.

Refazer este single, acreditem , não foi fácil. As versões originais eram todas parecidissimas, com estilo house dos anos 90. As versões não oficiais que ouvi eram na maioria muito fracas. E nem versões "batidão" bacanas eu achei. Então procurei sair do óbvio e ver as versões dentre essas, mais interessantes. Acho que consegui um resultado satisfatório.

Uma das melhores e ( para mim) mais dificeis de se achar foi justamente a ÓTIMA versão usada no clipe de FEVER. No single ela está creditada como VIDEO EDIT. Com uma levada mais cool, vem a PEGGY´S FASHION SMOOTH MIX, que eu usei na confecção da versão remix do album EROTICA. O único remix retirado do single oficial foi o HOT SWEAT 12". Dançante mesmo é a versão ADDICTION LOVE´S FEVA MIX, que é bem curiosa. Um mistura de ritmos bem interessante. Para mim, dos remixes não oficiais este é o mais bacana. MIXMAN MIKE HEATED HYPOTALAMUS CLUB MIX é uma ótima idéia pra quem curte "batidões", embora esse remix tenha uma veia mais pop do que club. Por fim o remix do MIKE DANAVAN é quase uma medley de FEVER com outros clássicos dos anos 90. MUUUUITO boa. É um vai e vem de deixar todo mundo suando, principalmente a partir dos 6 minutos, quando entra um sampler de I DON´T KNOW ANYBODY ELSE, do Black Box.



A capa foi outro desafio. Na versão original, Madonna usou uma foto do clipe de BAD GIRL (???) e então eu decidi que queria uma foto do clipe de FEVER na capa. O problema era achar uma foto legal e em resolução alta. A única que eu achei era um wallpaper em preto e branco. Eu recortei, mudei a cor e pus o letreiro. No fundo usei várias fotos do clipe em sequência. Sinceramente? Na original até a organização dos letreiros é feia!






Para baixar a minha versão de FEVER, clique aqui!