Um dos melhores e mais interessantes blogs que acompanho é o FreakShowBusssiness. É um blog sobre os mais variados assuntos, mas que principalmente trata de assuntos relacionados a cultura pop, sempre dando a estes assuntos uma cara mais jornalística e interessante.

Certa vez o blog fez uma resenha detalhadissima sobre os segredos do videoclipe de BEDTIME STORY. Inclusive publiquei o texto aqui. Hoje me deparei com uma resenha sobre o video de JUSTIFY MY LOVE, que na opinião de Alexandre Santos, dono do blog, está na lista dos melhores videoclipes de todos os tempos ( e na nossa também né gente?).

Segue abaixo o texto retirado do blog:

" E lá se vão 19 anos desde o lançamento de Justify my love, aquele que para mim é o melhor videoclipe de Madonna. Feito em 1990, o vídeo marcou época e permanece atual, ousado e estiloso.

Naquele ano, para coroar o ápice de sua carreira, Madonna lançou sua primeira coletânea, The immaculate collection, que trazia apenas 2 faixas inéditas. Justify my love era uma delas. A música em si já era ousada: letra sexualmente delirante, vocais gemidos e base instrumental completamente diferente de qualquer coisa que tivesse feito sucesso antes. A cereja desse bolo seria o videoclipe. E foi. Mas não do jeito que se esperava.

Justify my love, o videoclipe, foi anunciado com pompa pela MTV mundo afora. Até que a emissora viu seu conteúdo e tomou a decisão de jamais exibi-lo, pelo menos não na TV americana. Isso porque suas imagens eram uma ode a comportamentos sexuais marginalizados, como homossexualismo, travestismo, voyeurismo e sado-masoquismo. O ápice era um explícito beijo de língua entre Madonna e a modelo brasileira Luciana Silva. E, no meio disso tudo, ainda havia a figura de Cristo crucificado, aqui e ali.

O vídeo foi proibido em diversos países, aumentando ainda mais a curiosidade acerca desse pornô soft de 5 minutos. Eram tempos pré-internet - não havia maneira de ver um clipe que não fosse pela TV. Esperta, Madonna transformou Justify my love no primeiro vídeo-single da indústria, em VHS, e ele é até hoje o recordista de vendas desse formato. E a música, apesar de ser totalmente fora de qualquer padrão, se tornou um grande sucesso.

Dirigido pelo fotógrafo francês Jean-Baptiste Mondino, Justify my love tem imagens inspiradas na nouvelle vague e no filme ítalo-americano O porteiro da noite, de Liliana Cavani. Foi gravado no hotel Royal Monceau, em Paris, e tem o modelo Tony Ward no elenco."