Oi gente!

Quando comecei a fazer essa temporada de relançamentos dos singles aqui no blog, eu tinha percebido que o álbum MDNA não havia tido nenhum single lançado aqui, com isso, todos os singles desse album seriam materiais inéditos. Tentei deixar faixas "carro chefe" ou faixas que foram single oficiais em segundo plano, deixando essas para serem os ultimos lançamentos do blog. Exceto quando não conseguia material suficiente para um single, aí eu lançava uma faixa mais conhecida.

Fui lançando os singles de MDNA e nesse tempo eu quase esqueci de preparar o single de I DON´T GIVE A, que ironicamente é uma de minhas favoritas do disco. Ou seja, por pouco o blog não fica sem esse single por pura distração minha kkkkk. E olha que eu até tinha bastante remix dessa faixa viu?

O single tem 15 faixas e entre os remixers mais famosos temos Idaho, Lukesavant, MD, Maxim Andreev, R.A. e Marco Sartori. Muitos dos Remixes meio que seguiram a base ritmica da versão original, com o acrescimo de alguns detalhes, mas eu particularmente adoro a vibe oitentista da música e com isso, esse fator de proximidade a versão original não me desagradou. Um remix que eu adorei e dou destaque é o de R.A., simplesmente incrivel. Com uma introdução vocal masculina ( na verdade, acho que é a voz de Madonna muito bem modulada para parecer uma voz de homem), esse remix é o primeiro a apontar mais diferencial no arranjo da música. Maxim Andreev ( que aparece em dois remixes) deu a I DON´T GIVE A uma vibe bem eletropop com toques de Dubstep e eu adorei também! A faixa seis do pack veio nomeada apenas como "Remix" e eu nçao sei quem criou, mas também é um bom remix, que também diferencia o arranjo original. Jery Erthal é quem vai agradar aqueles que gostam de se jogar na balada e o Steve Trekker também. E olha que estamos ainda na metade do single!

I DON´T GIVE A - Twenty5&More 2016 Edition



Não é só o Maxim Andreev que aparece com dois remixes nesse single não. Um dos dois singles do Idaho traz elementos de JUSTIFY MY LOVE e é ótimo! Lukesavant também aparece duas vezes e o segundo remix dele no single é de uma vibe oriental misteriosa e deliciosa e o MD também deu um clima completamente diferente a faixa, adicionando uma sonoridade Reggae bem praiera. Da turnê MDNA temos a versão Ao Vivo e a Studio Version, e para fechar o single, temos uma Instrumental otima!

Agora, não é só o single que ficou lindo não... essa capa também ficou muito incrivel. Me desculpem se eu parecer pouco humilde, mas essa com certeza é uma capa que está entre as melhores que já criei. Inclusive, consultei alguns amigos antes de postar e tudo que ouvi foi: "Está perfeita! Nao mude nada!". E voces? Gostaram ou to me achando demais? Kkk

É isso gente! Semana que vem, na Quinta Feira, é meu aniversário e eu já ganhei um presente que dividirei com vocês num post super especial!

Abração e até breve!


=)