Eu sei que já deveria ter postado algo a respeito da REBEL HEART TOUR, mas eu estava esperando aparecer algo na rede para que eu postasse aqui, junto com minha opinião sobre o que vi do show. O site Madonnalex recentemente disponibilizou para download um audio do show de Nova York e inclusive, incluiu uma artwork bem legal. Com tudo isso, não tinha como não vir até aqui e postar para vocês.

Bom... quando a REBEL HEART TOUR estreou, foi aquela euforia no planeta inteiro. Eu logico, estava mega curioso. Dessa vez, acho que em muito tempo, não tivemos muitas infos vazadas sobre o show. Acho que o povo ficou com medo depois da prisão do Hacker de REBEL HEART, kkkk. Mas de certo modo, isso foi bom, porque manteve as surpresas guardadinhas. Eu procurei não ver muito do show. Confesso que as vezes tenho muita vontade de ver, mas me seguro. Vejo somente algumas coisas postadas no Instagram e alguns videos no You Tube. Sei que já tem o show todo por lá, mas ainda não vi. Com isso, minha opinião não está muito aprofundada, mesmo assim, vou falar um pouco do show.

Primeiramente, notei que a estrutura mesmo sendo enorme, não é tão grande quanto nas ultimas tours, e me lembrei que Madonna comentou que seria assim. Ainda assim, entendam, o palco é imeeeensooooo! O bom desse palco "menor" é que muitas vezes Madonna fica bem perto do publico. A abetura do show com ICONIC é muito legal e impactante. Lendo o setlist e vendo que o show abriria com um bloco "samurai" achei algumas músicas meio deslocadas, como BITCH I´M MADONNA, mas foi só ver a performance que mudei de opinião. Madonna conseguiu mudar o conceito de uma música completamente, conceito esse que a própria havia criado para a canção em seu video clipe. BURNING UP é a primeira música "das antigas" que toca no show e assim como na RE-INVENTION TOUR, foi com Madonna tocando guitarra. Achei meio "requentado" mas como adoro essa música, vou deixar passar esse detalhe. O bloco Samurai vira um bloco Sexual/Religioso com HOLY WATER, que traz Madonna de freira dançando em um pole dance acompanhada de suas freiras vestidas em Lingerie, e ainda traz trechos de VOGUE. Eu achei essa parte toda muito incrivel e é meu momento favorito do primeiro bloco do show, que encerra com DEVIL PRAY.

Não consegui definir o conceito do segundo bloco, que abre com BODY SHOP. Mas é um bloco que resgata grandes hits como TRUE BLUE, numa linda e intimista versão acústica e DEEPER AND DEEPER super dançante, maravilhosa! Outro resgate foi o de LOVE DON´T LIVE HERE ANYMORE, pela primeira vez numa tour de Madonna. Lindo de se ver! LIKE A VIRGIN é executada com Madonna sozinha no palco, dançando como se não houvesse amanhã.

A paixão de Madonna pela cultura latina é demonstrada pela inclusão de mais um bloco latino em seus shows. Já é a 5ª turnê dela com blocos com esse tema. Não sei se gostei de LIVING FOR LOVE ser em versão remix, mas gostei que ela manteve o look "matador" de suas performances e video clipe. Esse bloco, inclusive é o que mais tem músicas antigas: LA ISLA BONITA, DRESS YOU UP, um medley com EVERYBODY, INTO THE GROOVE e LUCKY STAR e WHO´S THAT GIRL são executadas no bloco que encerra com REBEL HEART, Achei lindo Madonna ter homenageado os fãs exibindo trabalhos deles no telão nessa parte.

Por fim um bloco meio Cabaré que surpreendementemente trouxe mais uma vez CANDY SHOP para uma tour. É a terceira vez consecutiva que Madonna executa essa faixa em um show. Deve gostar mesmo dela né? O bloco abre com MUSIC, passa por MATERIAL GIRL e por UNAPOLOGETIC BITCH e encerra com o clássico HOLIDAY. Falando em clássico, Madonna canta lindamente LA VIE EN ROSE nesse bloco.

REBEL HEART TOUR - Live from New York City



No início da Tour, Madonna não cantou a música GHOSTTOWN, o que decepcionou muitos fãs. Mas parece que para atender seus corações rebeldes, Madonna decidiu incluir a música no setlist, logo após WHO´S THAT GIRL. Desde Nova York tem sido assim e portanto, esse audio de hoje, traz a apresentação da música.

O show ao meu ver, foi para agrdecer aos fãs por toda devoção nesses anos todos e por isso tem tanta autoreferencia. Eu ainda tô vendo tudo bem devagar mas já posso dizer que é uma grande show! O melhor pra mim foi o resgate de músicas antigas e a apresentação de HOLY WATER. Senti falta de músicas como WASH ALL OVER ME do novo disco. Mas enfim... não se pode ter tudo!

É isso!! Em breve nos vemos de novo!

Um abraço!

Thanks: Madonnalex