Hoje, meu álbum favorito da Madonna completa 25 anos. Não é só meu disco favorito dela, mas sim, o disco que mudou a minha vida.

Seria muito pequeno tentar falar da importância desse disco para a música pop, então decidi em meio a uma semana na qual pretendo homenagear o album sempre que puder, começar estas homenagens falando sobre como esse disco se tornou tão importante pra mim.

Minha mãe foi quem me deu o vinil de LIKE A PRAYER de presente, no meu aniversário daquele ano. Eu era criança, mas já conhecia bastante de pop e rock internacional por causa das coisas que meu irmão e minha própria mãe ouviam. E eu também ouvia esses sons. Lembro como hoje, quando meu irmão que é10 anos mais velho, brigou comigo quando me flagrou ouvindo um de seus vinis do The Smiths. Ele sendo assinante da saudosa revista Bizz, mde permitia ler as matérias, onde Madonna, sempre magnética, estava todo mês. Sendo assim, Madonna não era uma estranha pra mim.

Minha mãe me deu o disco porque queria me estimular a gostar da lingua inglesa, já que ela dava aulas. Eu já conhecia a faixa título de tanto que tocava nas rádios e inclusive já sabia até cantarolar a música, como se aquele single tivesse mesmo entrado na minha mente. O que me choca hoje, é o fato de, eu com apenas 8 anos, já sentir tanta familiaridade com uma artista como Madonna. Não dá pra explicar essa conexão, mas sei que muitos aqui já a sentiram ou sentem. Enfim... duvido que minha mãe soubesse o conteúdo daquele álbum. Provavelmente, comprou porque era o "disco novo" da Madonna, e de repente associou ele a discos mais Pop´s como os 3 primeiros. Quando eu já estava mais familiarizado com o inglês, e que conseguia entender parte das músicas - o que eu não entendia, minha mãe me ajudava - lembro de querer todo o resto dos discos dela, e de ter ficado feliz por fazer aniversário proximo ao natal ( meu aniversário é em outubro) e que por isso, poderia sair pedindo para toda a familia, presentes relacionados a ela.




E daí por diante, começou um amor sem explicação. Um amor que para muitos não há troca, mas para quem é fã, sabe que há sim. Qunatas músicas lançadas desde então parecem ter sido escritas "para mim"? Madonna consegue se conectar comigo como poucos artistas fazem. Minha admiração por ela vai além da sonoridade de suas músicas. Eu sou apaixonado pela essência da artista, por seu trabalho consistente, por sua inovação constante e mesmo em fases menos inspirada, eu prometi a mim  mesmo que estaria do lado dela. Posso dizer que nunca me decepcionei com Madonna, mesmo quando não me agradei muito com suas propostas.

LIKE A PRAYER me fez pensar em muitas coisas sérias, e me fez traçar paralelos entre o que estava escrito e o que até então e dali por diante eu vivi e viveria. Até hoje, a base sonora do disco é bem inspiradora e seu conteudo lirico, um dos melhores. Madonna me fez crescer com este disco, me fez ter uma visão da vida sem preconceitos, sem desvirtuações e acima de tudo, livre. Ao mesmo tempo, esse disco me faz voltar a infância e manter acesa a criança dentro de mim, aquela mesma que ficava dançando em frente a vitrola, enquanto o vinil rodava....

Ah sim, e também foi a minha mãe que me ensinou a rezar....


Parabéns LIKE A PRAYER!!!!


=)